Por Lu Valim, em 18 de agosto de 2014 – Receitas Fit.
Creme de Abóbora

Colunista: Bia Nauiack

A receita de hoje vem para aquecer o coração e a alma.

É um prato cheio de nutrientes, que dá saciedade e traz conforto. É leve, saudável e cheio de fibras por causa da biomassa de banana verde.

Aqui em casa está aprovado! E olha que meu marido nem gosta muito de abóbora…

Creme de Abóbora

INGREDIENTES:

-1 kg de abóbora em pedaços (pode comprar já em pedaços se preferir)

-1 cebola cortada em pedaços grandes

-3 dentes de alho

-1 xícara de biomassa de banana verde

-sal a gosto

-pimenta do reino moída

-azeite de oliva a gosto para finalizar

-salsinha picada a gosto para finalizar

PREPARO:

Numa panela, ferva a abóbora, a cebola e o alho, com um pouco de água, até que a abóbora fique macia.

Passe para o liquidificador todo o conteúdo na panela, e bata até formar um creme. Adicione a biomassa de banana verde e volte para a panela.

Deixe ferver mais um pouco, adicione água se quiser um creme mais líquido. Nesta etapa acerte o sal e tempere com um pouco de pimenta do reino moída na hora.

Sirva em pratos de sopa e decore com a salsinha fresca e um fio de azeite de oliva.

Gostaria de observar o uso do liquidificador de vidro, pois o creme estará bastante quente. Pesquise sobre a liberação de Bisfenol A no aquecimento de produtos plásticos e os riscos que ele pode trazer a saúde. Como aqui é um lugar de saúde, cada detalhe da preparação é importante! ;)

Beijos, Bia . Eat Lean . @eatlean

Por Lu Valim, em 13 de agosto de 2014 – Receitas Fit.
Bruschetta de Abobrinha

Colunista Bia Nauiack

Oi! Adoro dividir umas receitas saudáveis com vocês, e essa ficou especial!
Sempre penso em receber amigos na minha casa, mas gostaria de manter minhas receitas saudáveis. Ganhei um livro novo de receitas e resolvi fazer minhas modificações numa bruschetta napolitana que vi por lá.
Pode servir para os convidados que eles vão adorar!!!!

Bruschetta de Abobrinha

INGREDIENTES:
-1 abobrinha fatiada grossa
-molho de tomate caseiro
-queijo mozarela ralado, ou outro lac free de sua preferência
-tomate bem picadinho
-sal a gosto
-pimenta do reino moída
-azeite de oliva a gosto
-manjericão fresco

PREPARO:
Grelhe as abobrinhas no grill, pode usar uma frigideira grill se preferir. Não deixe muito tempo, para a abobrinha não amolecer demais. Ela deve ficar al dente.


Coloque em camadas na abobrinha: um pouco de molho de tomate, o queijo, o tomate e um fiozinho de azeite de oliva. Depois disto, finalize com um pouco de sal e pimenta do reino.


Esquente no forno por 5 a 10 minutos, em fogo bem baixo. Finalize com umas folhinhas de manjericão.

Sirva como entrada ou canapés!

Hoje tenho umas visitas menores de 10 anos, então não coloquei manjericão em tudo, pois as crianças pediram.

Beijos, Bia . Eat Lean . @eatlean

Por Lu Valim, em 12 de agosto de 2014 – Dicas Ideais.
Dicas para eliminar a celulite – com Paula Miranda

Olá leitoras!

Convidei a querida Paula Miranda para contar aqui no Blog como ela fez para se livrar dos malditos “furinhos”! Vocês lembram do encontro que fiz com ela e as nossas seguidoras aqui em Curitiba? Link aqui.

A Paula é Curitibana, mas atualmente mora no Rio de Janeiro. Ela é casada com o lutador Vitor Miranda, mamãe da princesa Nina e é Blogueira há 4 anos. Ela é formada em Cosmetologia e Estética e traz uma bagagem de 11 anos de experiência na área. Vamos ver que dicas ela tem para nos contar? Agora é contigo, Paula!

“Hoje quero falar um pouco de como eliminei 90% das minhas celulites e hoje não tenho medo de andar de biquini na praia!
A celulite é “um termo coloquial para depóstios de gordura e tecido fibroso causando irregularidades na pele que está por cima”; encontrando-se usualmente nas nádegas e partes posteriores das coxas. Caracteriza-se principalmente por ondulações da pele, dando a esta o aspecto de casca de laranja.


Foram dois passos muito fáceis:
O primeiro foi ingerir abacate na minha ceia todas as noites, saiba porque:
O abacate que me ajudou a ter uma pele mais lisa, firme e sem celulite!
O abacate sempre foi visto como vilão por conta da sua gordura, o que muita gente não sabe é que a gordura do abacate é tão benéfica para nosso organismo que ajuda inclusive a baixar o mau colesterol! Mas o melhor que essa fruta pode fazer por nós acontece a noite, durante nosso sono. Quando dormimos nosso corpo produz o GH, hormônio de crescimento que nos dá uma pele jovem, cabelos e unhas fortes e músculos. Aos 20 anos nosso corpo começa a diminuir a produção do GH para que possamos entrar em processo de envelhecimento, sim, isso é natural, por isso o abacate entra na sua ceia como a melhor decisão antes de dormir, pois ingerido nesse horário, ele estimula a produção de GH e faz com que seu corpo responda com uma pele menos flácida, lisa, livre das celulites e para quem treina, um UP a mais no crescimento muscular! O mérito é todo do ácido oleico presente na polpa em quantidades excepcionais, esse ácido ajuda a desinflamar as células, saciar a fome e queimar mais gordura! Eu como 100g todas as noites (3 colheres de sopa cheias) batido com Whey Protein, as vezes coloco uma colher de coco ou de castanhas. :)

Para conservar o abacate, depois de cortar passe limão nele, papel filme e conserve em geladeira. Nos dias que não encontrar a fruta, 1 cápsula do óleo de abacate faz o efeito. Consulte sempre um profissional.
Segundo passo foi aderir ao programa Adeus celulite do Joey Atlas (confira aqui), faço em casa sem pesos, 3x por semana e apensar de ser simples demais o resultado aparece em 30 dias!


Muita água e uma vida ativa!
Não há celulite que resita!
Se quiser tirar dúvidas basta perguntar no meu IG @planetapaulaa terei maior prazer em responder!


Lu Valim, amo seu espaço e adorei falar sobre isso com você!
Eu sou Paula Miranda, autora do blog: planetapaula.com.br

Gostaram? Aposto que hoje os abacates estarão em falta nas feiras! Rss… Todas vão comprar! :D

Beijos, Lu

Por Lu Valim, em 6 de agosto de 2014 – Coluna Nutricional.
Qual a real importância da suplementação alimentar na área do esporte?

Colunista: Nutricionista Melissa Santos

O crescimento do interesse na área de Nutrição e suas influências na Atividade Física nas últimas décadas têm levado inúmeros pesquisadores a estudarem vários suplementos alimentares. No que diz respeito à ciência da suplementação, trabalhos realizados em centros respeitáveis de pesquisa no Brasil e no exterior, permitem-nos confiar cada vez mais e melhor nas suas propriedades terapêuticas. Suplementos alimentares nada mais são que alimentos modificados pela tecnologia, utilizados para suplementar a dieta, e que contenham um ou mais dos seguintes componentes: vitaminas, minerais, aminoácidos, extrato de ervas ou plantas, substâncias que contribuam com o aumento do conteúdo calórico da dieta, ou qualquer substância dietética utilizada pelo homem para complementar ou suplementar as suas necessidades nutricionais.

São recomendados tanto para fins esportivos, como: melhor resistência e desempenho, otimizando e aumentando a performance, constituição e proteção muscular, etc…; Quanto para garantia do correto aporte de macro e micro nutrientes essenciais nas diversas faixas etárias e situações especiais do corpo humano.
Porém hoje em dia já sabemos que suplementos são bem vindos em pessoas que não pertencem ao mundo dos atletas, como por exemplo, pacientes com determinadas patologias, hospitalizados ou em pós – operatório; crianças com deficiência de vitaminas e minerais comprometendo crescimento e rendimento escolar; pessoas com carências nutricionais em diversas etapas da vida; idosos com dificuldade de ingerir alimentos; e principalmente como compensadores para tornar a alimentação do dia a dia mais saudável, já que isso se torna cada vez mais complicado devido à falta de tempo para se realizar refeições equilibradas nutricionalmente.

A suplementação deve ser um recurso do qual o profissional, com conhecimento científico, e após interpretação clínica, utiliza para repor, suprir, oferecer ou corrigir uma adaptação às necessidades energéticas, de um ou mais determinados nutrientes. O uso de suplementos deve ser efetuado mediante a prescrição de profissionais habilitados, que tenham conhecimento sobre como utilizá-los, em que situações, quantidades e horários.

As orientações acima não são personalizadas, por isso um Nutricionista deve ser consultado para maiores informações.

Nutricionista: Melissa Santos – CRN 11711
melinutri@gmail.com
Especialista em Nutrição Esportiva
Especialista em Fisiologia do Exercício
Especialista em Nutrição Clínica Funcional
Especialista em Fitoterapia Funcional

Por Lu Valim, em 5 de agosto de 2014 – Receitas Fit.
Leite de Amêndoas

Colunista: Bia Nauiack

Vejo muitas pessoas com intolerância a lactose por aqui, ou que estão buscando alternativas para uma alimentação com maior valor nutricional e mais saudável, que ainda não sabem como fazer os leites vegetais. Esses leites são ótimos para tomar ou usar em receitas e ainda por cima tem um resíduo do feitio que sempre será útil para algum bolo, queijo (já ensinei por aqui), ricota…
É muito fácil de fazer e saboroso!

Leite de Amêndoas

INGREDIENTES:

-1 xícara de amêndoas
-1 litro de água filtrada

PREPARO:
Passe uma água nas amêndoas para limpá-las e despeje-as em um recipiente. Deixe-as de molho, em água, de um dia para o outro – ou no mínimo por 8 horas, na geladeira de preferência.
Escorra a água que deixou de molho as amêndoas e bata no liquidificador com a água filtrada.


Coe com uma telinha bem fina.

Utilize o leite por até 3 dias.
Lembre que o resíduo da amêndoa pode ser utilizado!!!! A ricota vegetal fica uma delícia com ele!
Se quiser um leite mais consistente, é só colocar menos água na hora de bater no liquidificador.
Beijos, Bia . Eat Lean . @eatlean

Página 2 de 212