Por Lu Valim, em 5 de junho de 2014 – Estética e Entrevistas.
Manchas pós sol

Olá!

Nessa estação do ano percebemos evidentes manchas no rosto e no corpo, não é?

O sol é um fator sempre presente na formação dessas manchas e todo cuidado é pouco quando se está exposto aos raios solares. Incidentes acontecem comumente: áreas com o bronzeado irregular, queimaduras, pele avermelhada ou descascada.

As manchas mais escuras que surgem na pele, mesmo com os cuidados dispensados, não desaparecem de uma hora pra outra, mas podem ser amenizadas ou regredirem espontaneamente.

Os melasmas são manchas irregulares muito comuns, de variados tons de castanho que costumam aparecer no buço, testa e bochechas. As principais causas do aparecimento do melasma são as exposições solares, fatores genéticos e hormonais. O melasma é uma mancha crônica, portanto precisa de cuidados constantes! Existem cápsulas que são ricas em antioxidantes e ajudam o organismo a combater os efeitos nocivos da radiação, isso ajuda a manter a pele mais clara.

Os tratamentos devem ser adaptados de acordo com a época do ano. O inverno é propício a tratamentos para clarear manchas no rosto. Dermocosméticos são usados para amenizar as manchas, muitos deles compostos por ácido retinoico e hidroquinona, princípios ativos eficientes para esse problema. O peeling específico para melasmas pode ser coadjuvante ao tratamento com laser e é sempre definido por um dermatologista.

O cuidado fundamental para evitar as manchas no rosto, ou em qualquer parte do corpo, é sempre fazer do uso do protetor solar, faça chuva ou faça sol e até mesmo em dias nublados. Lembrem que a proteção não dura 12 horas, portanto é necessária a reaplicação do filtro. Caso você esteja no trabalho e precise reaplicar o protetor no rosto, a dica é passar o pó compacto facial com filtro por cima da maquiagem mesmo, para não precisar removê-la.

Num país como o Brasil, com clima tropical, sol intenso em quase todas as estações, as pessoas com pele mais clara têm que redobrar os cuidados e lembrar que todo o cuidado é pouco para o maior órgão do nosso corpo e nossa melhor roupagem.

Essa matéria foi feita a pedidos de uma leitora. Se você deseja que eu escreva sobre algum tema específico, me envie uma mensagem, pois farei questão de publicar! ;)

Beijos da Lu

Por Lu Valim, em 16 de abril de 2014 – Dicas Ideais.
Cinco dicas para ser uma mamãe fit – Com Micheline Ramos

O corpo da mulher sofre uma série de mudanças durante a gestação e com a Micheline Ramos não foi nada diferente. Mas tem algo que chama atenção nessa LINDA mamãe de 3 filhos, um de 8 anos, um de 6 e um de apenas 2 aninhos.

A mamãe fit (como é carinhosamente chamada nas redes sociais) tem 34 anos, 1.61cm, 50kg e percentual de gordura de 9%. Não poderia estar melhor, né? Ahhh… Tudo isso SEM cirurgia plástica!

Em cada gestação a Miche pesou mais de 80 kg e passou pela famosa baixa auto estima. Quando ela teve seu primeiro filho, ela sentiu-se feia, desmotivada a se cuidar e ainda teve depressão pós-parto decorrente de toda a transformação que ela passou. Manequim 34… nunca mais!

Na segunda gestação ela engordou 32 kg. A felicidade de ter dois filhos, superou a insatisfação estética, mas é claro que ela gostaria de estar bem fisicamente.

Cinco anos após a primeira gestação, Micheline resolveu procurar ajuda de um profissional de educação física e matriculou-se em uma academia. Na época, sua taxa de gordura era 21%.

Em 2011, chegou o terceiro filho! Dessa vez, Miche continou malhando, mas claro, com os cuidados necessários que uma gestante deveria ter.

Casou com 50 quilos aos 23 anos e mesmo depois de três filhos continua com o mesmo peso, porém com uma qualidade de vida infinitamente melhor. Ela treina de segunda a sexta, além de seguir uma rotina de alimentação saudável. O que era um sacrifício, virou prazer… Entendo bem o que a Miche quer dizer com isso, pois eu também achava um sacrifício ir a academia e hoje sinto que é algo indispensável!

A Miche me contou que passou a praticar atividades físicas após os 30 anos e ela garante que a idade não é um obstáculo para alcançar os resultados desejados.

Para nos motivar, convidei a Miche para nos dar 5 dicas de como ser uma mamãe fit! Vamos ver as dicas dela? :)
Micheline4

Ser mãe não nos impede de sermos mulheres, de nos amarmos, de termos um tempo para nos cuidarmos. Tudo na vida são fases e essas passam, mas, não podemos nos acomodar e usar a turbulência transformando-a em tempestade -relata Micheline.

1: Programe-se;
2: use a programação como compromisso anotado na agenda, se não deu pra fazer, roube 1 horinha do sono da manhã: eu acordava as 5 da manhã pois as 8 eu já tinha que estar liberada e foi assim que consegui manter uma rotina de treino e dieta, assim como contou a Revista Boa Forma deste mês de março;
3: Esqueça tempo de retorno, vai fazendo a sua parte que uma hora ele chega;
4: Não se culpe por estar se permitindo esse cuidado;
5: Não deu para ir a academia, não tem com quem deixar as crianças: então chame-os para brincar de pique pega, pique alto, pular corda, correr 10 x de uma árvore a outra…sem dúvidas filhos são uma ótima academia.

Ótimas dicas, né?! É de imprimir e colocar na geladeira para ler todos os dias!
Gostaria de agradecer imensamente a participação da linda Micheline aqui no blog! A Miche está com o Blog dela no forno (obaaaaa) e nós já estamos aguardando ansiosamente, pois será mais um blog de motivação e bem estar! Por enquanto pra quem quiser acompanhar a Miche, o Instagram dela é @micheedramos e o e-mail é mamaefit@gmail.com. ;)

Espero que tenham gostado da matéria! Eu amei! :D

Beijos da Lu

Por Lu Valim, em 10 de fevereiro de 2014 – Estética e Entrevistas.
Estrias: as marcas tão temidas pelas mulheres

Olá, pessoal!

Hoje, vamos falar sobre as estrias. Elas são um pesadelo na vida das mulheres, mas muitas não sabem exatamente como elas surgem. Vou fazer um breve resumo para vocês entenderem como elas são provocadas.

As fibras de colágeno e as fibras elásticas da pele podem se romper na adolescência quando o adolescente cresce aceleradamente; quando a pessoa passa pelo efeito sanfona (engorda e emagrece rapidamente); quando a pessoa ganha massa muscular de uma hora pra outra e também na gravidez, gerando assim, as temidas cicatrizes. Além disso, elas aparecem muito por predisposição genética e por questões hormonais e as regiões mais acometidas são: seios, barriga, quadril e coxa.

As estrias visualmente vermelhas são as recentes, aquelas que foram recém-rompidas e podem responder bem a um tratamento. Já as estrias brancas, são mais antigas e de tratamento mais difícil, pois precisam de algo que estimule novas fibras de colágeno para preencher as depressões.

A hidratação da pele e uma boa alimentação para a formação do colágeno são boas maneiras
de prevenir o problema. Também existem alguns procedimentos de tratamento que podem melhorar o aspecto das estrias, como lasers, ácidos, peeling e dermoabrasão. Os resultados vão depender da resposta do organismo da pessoa e do tipo de estria que ela possui.

A beleza deve ser levada a sério, mas não podemos nos abater quando algum problema surge. Devemos procurar sempre a melhor solução para amenizá-lo. A medicina tem caminhado a passos largos no tratamento das estrias, porém ainda não se pode falar em cura. A orientação correta do profissional e cuidados com tratamentos intempestivos são fatores essenciais para obter bons resultados. Prevenção é muito importante para evitar que a estria se manifeste em níveis mais intensos.

Mais alguma dúvida?

Beijos da Lu

Por Lu Valim, em 30 de janeiro de 2014 – Estética e Entrevistas.
Entrevistando Marina Iris

Oiiii pessoal!
Hoje trago uma convidada muito especial! A Marina tem 31 anos e é uma linda Publicitária que hoje leva uma vida saudável. Ela eliminou 17 kg em 10 meses através da reeducação alimentar e da atividade física. ;)

Seu marido, que é Educador Físico, te acompanhou nessa sua mudança desde o início? Vocês treinam juntos?
Marina:
Sim, ele foi a peça essencial na minha mudança. Desde o primeiro dia ele me apoiou, sendo montando e acompanhando meus treinos e também na alimentação.

Quais foram suas maiores dificuldades no período de reeducação alimentar?
Marina:
Resistir às tentações. Eu amo chocolate e cortar ele radicalmente foi muito difícil no começo, mas com 2 semanas, os doces já não me faziam falta. Aprender a ser forte e dizer não quando me ofereciam alimentos que já não faziam parte da minha alimentação.

Quais são suas restrições alimentares? Tem algo que jamais vai entrar no seu carrinho de compras?
Marina:
Alimentos ricos em sódio e doces. Jamais vai entrar no meu carrinho o refrigerante que cortei desde o primeiro dia.

O que você costuma comer antes da hora de dormir?
Marina: Como chego tarde do treino, por volta das 22h, eu janto tarde e ela acaba sendo minha última alimentação antes de dormir.

Você malha quantas vezes por semana? Como é dividido seu treino?
Marina: Eu malho 7x por semana, de domingo a domingo. Meu treino é dividido em A (quadríceps, glúteo, bíceps e tríceps), B (posterior de coxa, panturrilha, peito e costas), C (aeróbico) e D (ombro e abdômen).

Você teve uma grande evolução no abdômen e percebo que a maioria das suas seguidoras sonham em conseguir o famoso “six pack”. Você poderia nos ensinar alguns dos seus exercícios abdominais preferidos?
Marina: 
Gosto de variar os exercícios a cada treino e sempre executo 3 séries de 15 repetições. Aqui vão dois deles que faço normalmente:

 

Você é adepta aos tratamentos estéticos? Está realizando algum procedimento?
Marina:
Sim, desde o começo eu fiz drenagem linfática e endermologia. No momento não estou realizando nenhum, mas pretendo voltar a fazer drenagem mês que vem, pois retenho muito líquido.

Uma dica pra quem quer começar 2014 com uma mudança positiva nos seus hábitos de vida:
Marina:
Ter FOCO e estabelecer um objetivo, pois somente eles te darão força para vencer cada dia. E não deixar que digam que você não vai conseguir, use isso como motivação, para quando conseguir mostrar para as pessoas o quanto você é forte e capaz.

JOGO RÁPIDO

Uma inspiração: Maite Bueno
Uma meta: Ser mãe
Não vive sem: Chocolate amargo
Prato preferido: Macarrão integral com atum
Ser saudável é: Se alimentar saudavelmente e praticar atividade física
Personalidade com as “curvas ideais”: Alice Matos
Marina em uma só palavra: Lutadora

Que exemplo, não? =) Aqui fica meu agradecimento à querida Marina por ter participado do meu “cantinho”. Tenho certeza que essa entrevista vai motivar ainda mais as pessoas que precisam de um espelho, de um exemplo de determinação! Vou ficar na torcida para esse bebê vir logo, desejo que todas os seus desejos sejam alcançados, lindona!

Pra quem quiser continuar acompanhando a Marina, o Blog dela é o www.bymarina.com e o Instagram é @marinairis.

Um beijo grande :D

Por Lu Valim, em 14 de janeiro de 2014 – Dicas Ideais.
5 dicas para não sair da dieta – Por Larissa Lins

Oi pessoal!

Convidei a blogueira Larissa Lins para nos dar umas dicas de como se manter firme na dieta. Ela não é nutricionista, é estudante de direito e tem apenas 20 anos. Agora vocês devem estar curiosos em saber porque eu a escolhi para nos dar essas dicas.

Pois bem… a Larissa era uma criança que sempre estava acima do peso e passou sua adolescência da mesma maneira. Toda a sua ansiedade era descontada na comida. Hoje, ela aprendeu a resistir as tentações, principalmente aos cupcakes que ela mesma faz! Ela emagreceu muuuuito! Sabem quantos quilos? Ela vai nos contar…

“É com muito prazer que eu venho escrever essa matéria para o Curvas Ideais. Adorei o convite da Lu!

Eu sou mais conhecida por Lari Lins e emagreci 20kg. Passei pelo efeito sanfona ao longo dos anos, mas desde março/2013 eu resolvi realmente mudar de vida e aderir a hábitos saudáveis. Foi fácil? De jeito nenhum! Mas aprendi dicas valiosas que me ajudam diariamente, e hoje eu vou falar sobre elas:

1. Coma de três em três horas

Ok, eu também achava que isso era história pra boi dormir. Mas não é, gente! Se você deixa seu corpo ficar com fome, a tendência é que você coma mais nas próximas refeições! Além disso, comer um pouco várias vezes ao dia mantém o seu metabolismo acelerado, ajudando o processo de emagrecimento. O ideal é fracionar sua alimentação em 6 ou 7 refeições, com três refeições principais e lanches entre elas.

9

2. Tome bastante água

Eu também não acreditava muito nessa história, mas passar a tomar água direito mudou a minha dieta completamente! O hipotálamo é responsável pela sensação de necessidade e saciedade, e ele pode confundir a fome com a sede. Ou seja, você acha que está com fome, mas na verdade, está com sede! E aqui vai uma dica importante: não espere ter sede para tomar água! A sede já é um sinal de desidratação! O ideal é tomar de 8 a 12 copos de água por dia. No começo é meio chato e difícil beber tudo isso, mas depois vira um hábito! Eu sempre começo meu dia tomando um bom copo de água gelada e tomo todos os outros entre as refeições. Não gosto de comer bebendo nenhum líquido, sinto que meu estômago fica inchado.

3. Acompanhe sempre seus resultados e estabeleça metas possíveis

Gente, essa parte é MUITO importante! No começo do emagrecimento, a balança é um fator importantíssimo, mas com o tempo, o ideal é que você procure acompanhar seus resultados através das suas medidas, do seu percentual de gordura e principalmente do seu grande amigo: o espelho! É ótimo registrar os seus resultados através de fotos ou anotações, essa simples atitude pode te manter muito motivado! É ótimo perceber que aquele culote chato está indo embora, né?

Outro ponto super essencial é estabelecer metas POSSÍVEIS e justas! Se você estabelece que vai perder 20kg em um mês, existe uma grande chance de você não conseguir e pior ainda, se frustrar e até querer largar a dieta! Comece aos poucos, estabeleça 2kg por semana, por exemplo. Isso vale para tudo: se você não gosta de comer salada, não adianta querer virar o top apaixonado por folhas do dia pra noite! Comece devagar, vá se acostumando a comer legumes cozidos, depois acrescente algumas folhas, experimente misturar salada com um pouco de proteína. Enfim, vá aos pouquinhos, o lema é: “devagar, mas sempre”! E é “mas” sempre mesmo, porque muita gente acha que bom mesmo é perder 15kg super rápido, mas muitas vezes, o peso volta mais rápido ainda, porque a perda dos quilinhos extras não acompanhou a super importante reeducação alimentar!

4. A única coisa que comida resolve, é a fome.

Essa frase parece meio óbvia? Então por que nós estamos tristes e descontamos na comida? Por que nós estamos felizes e resolvemos comer chocolate para comemorar? Pois é, já parou pra pensar nisso? Acontece que sentimos uma sensação reconfortante de prazer após uma boa refeição, e por isso, temos essa tendência a querer resolver as coisas comendo. Mas gente, comida só resolve fome!

É importante a gente tirar da cabeça essa ideia de associar nossos sentimentos a comida, temos que comer para viver e não viver para comer! Quando começamos a pensar assim, fica mais fácil comer bem porque sempre pensamos em nutrir o nosso corpo, fornecê-lo tudo o que ele precisa pra funcionar direitinho. E ele retribui, viu? Hoje em dia meu cabelo, minha pele e minhas unhas são totalmente diferentes de alguns meses atrás!

Alguns alimentos, tipo o chocolate, estimulam a ação da serotonina, responsável pela sensação de “prazer”. Mas sabiam que outros alimentos bem mais saudáveis também estimulam esse hormônio?

A banana, as nozes e o salmão são exemplos de alimentos que estão relacionados à serotonina!

5. Nada de radicalismos, o equilíbrio é a chave!

É importante entender que todo exagero é ruim pro organismo. Eu cortei o açúcar da minha vida, mas sei que uma vez ou outra, tudo bem! O ideal é não fazer das comidas açucaradas e gordurosas um hábito. O famoso “dia do lixo” não precisa ser um “dia”, pode ser apenas uma refeição onde você mate sua vontade e no dia seguinte, volte para a dieta!

Esse “dia seguinte” é essencial, porque muita gente pensa que já que comeu tudo o que não devia, tá na hora de abandonar a dieta, mas não pode ser assim! Você se deu ao direito de comer algo que teve vontade, mas sabe que seus hábitos são outros, então no dia seguinte volte ao normal!

Uma exceção jamais irá superar uma regra: quem vive de fast food e come salada um dia, não emagrece. Quem sempre se alimenta bem e come um bolo de chocolate um dia, não engorda.”

O ideal é procurar o equilíbrio para conseguir manter a dieta sempre! Esse equilíbrio é relativo, é legal você procurar um nutricionista que te ajude a dividir direitinho as refeições, inclusive as refeições “livre”. Algumas pessoas fazem uma por semana, outras fazem duas, tem gente que prefere passar o máximo de tempo possível na linha (Eu, por exemplo, não gosto de sair muito da dieta porque acho o dia seguinte muito chato! Sempre que saio da dieta no dia seguinte faço um super detox e eu acho detox chato! Hehe), cada caso é um caso!

Outra coisa importante é comer de tudo um pouco: inclua frutas, vegetais, proteínas magras, gorduras boas, carboidratos integrais, coma de tudo! Mas claro que de acordo com as suas necessidades! Eu já tive fase de comer 4 frutas por dia, atualmente minha dieta só tem 1 fruta no café da manhã, muitas verduras e gorduras boas!

Variar o cardápio também é uma dica e tanto, não deixe a dieta enjoar, sempre invente! E sem desculpa de que não sabe cozinhar, hein? Hoje em dia existem várias receitinhas muuito fáceis!

É isso gente, espero que tenham gostado e que sigam as dicas! Eu sempre indico procurar um nutricionista pra te ajudar nessa jornada, mas, essas diquinhas também podem ser amigas nesse processo de reeducação!

Vão por mim, vale a pena, o sacrifício é recompensado! E depois de um tempo, vira um hábito e fica fácil, sabiam? Hoje em dia não sinto mais falta de comer doces, frituras, etc. Aprendi a amar minha alimentação e como com muita felicidade e prazer. Olho para o meu corpo e meu sorriso no espelho e sinto que encontrei o meu caminho, cada dia me sinto mais feliz!”

E aí, gostaram das dicas? Eu adorei! Vamos seguir as dicas da Lari… são extremamente preciosas e fundamentais para o nosso dia a dia! Reforçando o que a Lari falou, não esqueçam de consultar um nutricionista para acompanhar a dieta de vocês e esclarecerem todas as dúvidas!
Pra quem quiser  acompanhar a Lari, sigam o  Instagram @dieta_delicia e o blog www.dietadelicia.com.br ! ;)

Como vocês podem ver, ela é exemplo de disciplina e superação, além de uma doçura de pessoa!

Muito obrigada pelas dicas, Lari!  São extremamente valiosas!  Obrigada por todo o seu carinho comigo e por ser uma leitora do Curvas Ideais! :D

Beijos da Lu

Página 4 de 9« Primeira...23456...Última »